Já conheces o eBook que o Palco Principal está a oferecer? Descarrega-o aqui!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Morada: Rua da Oliveira ao Carmo,2 (Largo do Carmo) 1200-309 Lisboa
Telefone: 213463509
 

Notícia

Guitarra – Histórias em Amor maior

 

Não há amor como o primeiro, não há guitarra como a primeira. No primeiro acorde ou no primeiro beijo, há algo que bate certo e fica para sempre. Ou até nos apaixonarmos novamente. Há guitarristas que se apaixonaram de tal maneira pelas suas guitarras que lhes deram nomes e, como num casal perfeito, em conjunto eram muito mais do que a soma das partes.

O caso mais célebre é o de BB King com a sua Lucille, que não era uma, mas várias guitarras. De acordo com a lenda, em 1949, ainda na demanda para se tornar rei dos blues, BB King estava a tocar num bar quando começou um incêndio. No meio da fuga, esqueceu-se da guitarra e arriscou a vida entrando de novo no bar em chamas para a salvar. No rescaldo, descobriu-se que o fogo começou por causa de uma discussão entre dois homens por causa de uma mulher chamada Lucille.

No espírito do blues, BB King decidiu dar o nome dessa mulher causadora de sofrimento à guitarra que libertou daquele inferno. Essa guitarra foi pouco tempo depois roubada da mala de um carro, mas BB King chamou sempre às suas guitarras de Lucille, para se lembrar de duas coisas: nunca discutir por causa de uma mulher, e nunca voltar a cometer a estupidez de entrar num edifício a arder.

Ler mais

 
 

Comentários a esta notícia

Entra com os teus dados para comentares! Ainda não estás registado no Palco Principal? Regista-te aqui!
O teu comentário é importante. Deixa aqui a tua opinião!