Já conheces o eBook que o Palco Principal está a oferecer? Descarrega-o aqui!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Festival Milhões de Festa: a reportagem do terceiro dia Todas as fotos aqui
 
2011-07-28 11:01 inserido por Sara Novais

O fim aproxima-se rápido demais. Não há festival como este: a familiaridade que se vive no recinto é demasiado transbordante, não só pela proximidade dos palcos, mas sobretudo pelo à vontade com que todos estão. 

O cartaz de domingo mostrou-se de difícil escolha. Como optar por umas bandas e não por outras? Como escolher o que se ver?

A opção recai imediatamente pela languidez vivida nos dias anteriores na piscina. De corpo submerso, é com absoluta prostação que assisto ao desenrolar das bandas que se sucedem demasiado rápido. Logo a começar, e a colmatarem os concertos anteriormente cancelados, sobem ao palco as turcas Kim Ki O e os psicadélicos MKRNI. Os corpos mexiam-se languidamente num calor insistente, tão bem a propósito dos embalados ritmos de ambas as bandas.

Mas o fim da tarde não se previa calmo. Com Nazka e os seus sintetizadores chilenos e bateria insistente, o público, já todo de pé, pedia por mais, mais música, mais ritmo psicadélico.  E a encerrar, de forma completamente hardcore, os Larkin, o quinteto nortenho que muito justamente incendiou o até agora tranquilo palco. "Elements to Our Desires" foi escutado e a piscina dava por encerrada a sua odisseia deslumbrante de diferentes estilos e absoluta boa-disposição.

 

Comentários







Segue-nos no Facebook!

 





Ver mais notícias