Já conheces o eBook que o Palco Principal está a oferecer? Descarrega-o aqui!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Diana Krall @ Meo Arena: Jazz com emoções à flor da pele A reportagem do concerto
 
2015-09-28 04:00 inserido por Sara Novais

Ao sentar-se ao piano, após um “Boa noite”, a canadiana Diana Krall não se coibiu de avisar o quão emotiva se encontrava. Depois de um concerto esgotado no EDP Cool Jazz, em 2013, onde promoveu "Glad Rag Doll" e mostrou as canções escutadas pelo seu pai, a artista quase encheu a Meo Arena, quinta-feira à noite. Apesar de bastar o talento de Diana Krall para encantar toda a plateia, a sua banda, composta por Anthony Wilson (guitarra), Karriem Riggins (bateria), Stuart Duncan (violino), Dennis Crouch (baixo) e Patrick Warren (teclado), provou que um verdadeiro espectáculo de jazz é feito em equipa, com mais do que duas mãos extremamente talentosas ao piano, com a intensidade da interpretação de cada um dos músicos a sentir-se em todos os clássicos tocados ao longo de quase duas horas de espetáculo.

A digressão que traz Diana Krall à Europa, em 2015, serve de apresentação ao seu mais recente disco, "Wallflower" - uma homenagem às músicas ouvidas pela cantora na rádio, aos grandes êxitos dos anos 60, 70 e 80. Para abrir a noite, contudo, foi escolhida We Just Couldn’t Say Goodbye, de "Glad Rag Doll", que adocicou a memória dos que estiveram presentes no último concerto da cantora por terras lusas. Seguiram-se alguns grandes clássicos do jazz, como Sweet Man, Sunny Side of the Street ou You Call It Madness, que tão bem mostraram os dotes dos grandes músicos em palco.

 

Comentários







Segue-nos no Facebook!

 





Ver mais notícias