Já conheces o eBook que o Palco Principal está a oferecer? Descarrega-o aqui!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Delta Tejo, dia 3: A união lusófona faz a força A reportagem do terceiro dia do festival
 
2011-07-05 11:59 inserido por Sara Novais

O sol não espreitou nem um pouco no domingo, mas isso não foi impedimento para que cerca de 20 mil pessoas, maioritariamente oriundas de terras de Vera Cruz e do continente africano, passassem pelo último dia do festival

Para este dia, muitas surpresas agradáveis estavam reservadas. No palco Jogos Santa Casa, mesmo tendo havido alterações de última hora nos horários das actuações, todos os artistas tiveram «casa cheia».

Para começar, os alentejanos Virgem Suta subiram ao palco acompanhados do jingle do antigo programa de televisão "TV Rural". Em palco, diversas caixas de cartão ostentavam ilustrações, que davam ao público a ideia de estar dentro de uma taberna. E foi com esse espírito “taberneiro” (descrito pelo próprio vocalista da dupla, Jorge Bemvinda) que a banda deu início à festa, cantando Dança de Balcão e Linhas Cruzadas, em dueto com Manuela Azevedo, dos Clã.

Depois de terem distribuído copos de vinho  pelos presentes, os Virgem Suta quiseram acabar em beleza a sua performance e assim o fizeram, convidando pessoas do público para o palco. Estes corresponderam de imediato, tomando conta do espaço.


 

Comentários







Segue-nos no Facebook!

 





Ver mais notícias