Já conheces o eBook que o Palco Principal está a oferecer? Descarrega-o aqui!
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A Festa do Avante! e a música portuguesa: Uma história de amor como há poucas As melhores fotos da edição 2015
 
2015-09-16 03:51 inserido por Sara Novais

A Festa do Avante! nunca foi de alinhar em modas. Muito menos a nível musical. Sempre soube construir os seus cartazes de modo independente, sem correr atrás das tendências. Durante anos e anos – pelo menos aqueles que a pessoa que vos escreve estas linhas vos poderá testemunhar – a festa da Quinta da Atalaia foi criticada pelo suposto padrão de repetição das suas propostas musicais e por nunca ter apostado em nomes fortes do panorama internacional, uma condição que, por norma, sempre a retirou, de modo quase automático, do roteiro principal dos festivais nacionais. Nada de muito preocupante para um ecossistema que sempre mostrou ser autossuficiente.

Poucas são as pessoas que vão ao Avante única e exclusivamente pela música. Grande parte dos visitantes toma a decisão de ir à festa muito antes do cartaz ser divulgado. Outros tantos transpõem os portões da Medideira ou da Quinta da Princesa sem sequer saber que artista ou banda vai tocar e em que palco. Ou seja, tendo a sua óbvia importância, a música acaba por ser o menos relevante, servindo, muitas vezes, de banda sonora à confraternização entre o público. Normalmente, o ambiente, a gastronomia, as questões políticas e até a mera curiosidade acabam por falar mais alto. Quem tocou no palco 25 de Abril no sábado, há três anos atrás? Ninguém se lembra.

 

Comentários







Segue-nos no Facebook!

 





Ver mais notícias